Rosa Atual

Rosa Atual

segunda-feira, 24 de setembro de 2012

Estampas étnicas

É praticamente impossível num país tropical como o nosso não pensar nas tendências de moda para o verão (já que é a estação predominante por aqui!), uma das tendências de estampas são as étnicas. Esse tipo de estampa foi muito usada no final da década de 60 e 70, e segue muito estilo hippie e folk da época.

As estampas são as mais variáveis possíveis, vão desde as indianas, orientais, passando pelas estampas dos índios americanos e seguindo até as inspirações africanas. Os tecidos também são os mais diversos possíveis: algodão, seda, metalizado, e por ai vai. 


Dicas básicas: 

- Se você ainda está dúvida de como usar, escolha uma peça neutra, exemplo: escolha uma cor da peça da estampa e use uma blusa neutra, ou até mesmo transparente (post anterior tem dicas!) e uma saia com estampa, ou o inverso, vai do seu gosto.

- As garotas plus size também podem usar estampas étnicas desde que façam a escolha certa quanto a usar uma peça com estampa e outra neutra e vestido que marquem mais a cintura.



 

               

 
 
 

 









Se você não quer usar uma roupa com essas estampas, pode investir nos acessórias como: sapatos, cintos, bolsas, lenços e por ai vai. 



Não importa se você prefere uma calça, saia, vestido, macacão...faça sua escolha e abuse sem medo, a moda é pra todos!



quinta-feira, 20 de setembro de 2012

Camisa + transparência = Balada!? Ou Dia - a - dia?!


Olá, tudo bem?

Atendendo a um pedido via face da dona deste blog, o assunto de hoje é camisa para usar na balada! Eu simplesmente não consigo pensar em outra senão transparência, que é sexy e tem tudo a vê com uma bela party, mas ela também combina com o nosso dia-a-dia tropical, basta saber usar da forma correta.

Mais sabe que eu fiquei curiosa pra saber como surgiu a camisa, você sabe?!

Ah tá bom, Renata, acorda fofa, isso é um blog de moda e não de história. OK! OK! Mas um pouco de cultura não faz mal a ninguém, ou a quase ninguém.

Escolhi um artigo da Cláudia Dal Pozzo que você confere na integra aqui, eu prometo, vai ser rápido, leve e não vai doer ;)


A história da camisa branca!!!*

A camisa é de origem egípicia e à Kalasiris, que era uma vestimenta reta, costurada dos lados, com abertura somente para passar a cabeça. 



Já na época do império romano, esta peça ganhou mangas, e foi denominada de túnica manicata. Esta manicata era usada com cintos e foi usada durante toda a idade média, tanto por homens como por mulheres… A manicata era usada a noite como “roupa de baixo” e aos poucos ela foi ganhando espaço, e passando a servir como “roupa de cima”. Assim, no final da idade média, a camisa já era conhecida por todas as pessoas.


Com o passar dos anos, a camisa virou símbolo de status, sendo valorizada pela qualidade dos tecidos, bordados e brancura, que era maculada pelo suor do trabalho. Os nobres usavam camisas impecavelmente brancas com golas sempre altas, erguidas. Somente em 1853, passou-se a usar a gola virada para baixo. Por muito tempo, a camisa branca identificava hierarquia social, tanto é que no século XIX, os nobres era diferenciados dos operários em função dos seus colarinhos – colarinho branco (nobres) e colarinho azul (operários).

Já no final do século XX, a camisa era ítem em quase todos os guarda roupas femininos, e ganhava padronagens e estampas diferenciadas, como listras, xadrez, flores, enfim, uma gama diferenciada que se conhece até hoje. A camisa além de uma peça curinga, é associada a profissionalismo, personalidade marcante e segura, e ao poder!!!

A camisa é uma peça tão universal que veste bem homens e mulheres, independente de idade. 

*Fonte: http://www.claudiadalpozzo.com.br/a-historia-da-camisa-branca/



Gostou?! Então agora vamos ao interessa!!!

As camisas transparentes continuam em alta, são peças leves e sensuais que tem a cara do nosso verão. Mas qual a melhor forma de usar e abusar sem errar? Não é uma peça fácil de se usar, porque qualquer erro você poderá cair na vulgaridade. Bom, aqui vão algumas dicas pra que isso não aconteça:

- Se você for usar no local de trabalho, opte por peças não tão transparentes e use sempre uma segunda pele por baixo ou até mesmo uma blusinha da mesma tonalidade da peça. Não é porque você está no trabalho que não pode usar uma peça que está em moda, mas tome cuidado, no trabalho quem tem que aparecer é o seu talento e não outras coisas. Essa dica vale também para você que não gosta de mostrar sua barriga ou está com uns quilinhos extras e não quer mostrar para ninguém!

- Agora se você estiver com a barriga chapada e sarada e tá indo pra balada, pode abusar do sutiã. Escolha modelos lisos ou com renda, só tome cuidado pro sutiã não brigar com a blusa, eles devem sempre conversar um com outro, senão corre o risco de cair na vulgaridade e não é que você quer, não é?!

- Tome cuidado você que tem seio grande, escolha uma camisa sem bolso. O bolso só faz aumentar o tamanho do seu busto.

- Camisa clara combina com sutiã do mesmo tom, mas se você é do tipo ousada, pode optar por um sutiã estampado (animal print continua em alta!), ou com brilho, e até mesmo com cores mais vibrantes.  

- Outra dica fica pra quem quer usar uma camisa estampada. Procure usar o sutiã, blusinha, top em um dos tons da estampa, fica algo mto leve e discreto, já que a camisa vai chamar toda a atenção por ter a estampa e ser transparente.







 Tanto a Giovanna Lancelotti quanto a Fernanda Paes Leme, optaram por uma blusa transparente neutra e abusaram do brilho na saia, que fez a diferença no look. Reparem que nenhuma das duas está usando brinco, colar, pulseira, o brilho da saia foi o suficiente para criar uma produção chic que você pode usar na balada sem erro.











Bom é isso, eu espero que vocês tenham gostado, qualquer sugestão só colocar aqui no blog, Facebook ou Twitter!

Beijos e até mais ;)





terça-feira, 11 de setembro de 2012

Com que roupa eu vou?! Nessa primavera / verão eu vou de macacão!!!

Com certeza o queridinho desta primavera / verão é o macacão. Os modelos vão desde peças mais informais e despojadas para o seu dia-a-dia de trabalho, até a utilização de tecidos mais nobres e glamourosos para noite.

O macacão (alguns chamam de jardineira) começou a ser usado pelas mulheres na década de 30, quando elas começaram a trabalhar nas indústrias, eram feitos de jeans e se usava com uma blusa por baixo (como eu usei na minha infância e muitas das nossas leitoras também já usaram algum dia, assim espero!). 


Na década de 70 os macacões ganharam outras versões com tecidos mais leves e ganharam assim um ar mais "sensual", utilizando outros tecidos e detalhes..





Nessa primavera / verão vamos poder abusar a vontade dessa peça é super versátil e com muito estilo. Aproveite algumas dicas e vá correndo atrás do seu!

- Crie um look monocromático que ajuda a alongar e afinar a silhueta.
- Se você tiver o quadril mais largo procure escolher modelos mais soltos e retos, que marquem a cintura de maneira mais natural e sem volumes de bolsos e pregas, isso só aumenta o seu quadril.
- Listras e estampas grandes não favorecem mulheres com uns kilinhos a mais, opte também por tecidos opacos como crepe e seda fosco.
- Pode abusar dos cintos para marcar a sua cintura.
- Cuidado com os modelos de cós baixo se você for baixinha, use sempre com salto alto e no mesmo tom do macacão que ajudam a alongar. 
- Para as baixinhas ainda vale lembrar que é bom usar um cinto na mesma cor do macacão para não quebrar a silhueta no meio.
- Estilo frente única é perfito para mulheres com seios pequenos ou médios.
- O estilo cenoura na parte de baixo ajuda a valorizar quem tem quadril estreiro.